Overwatch pune players chineses por elojob; jogador recebe ban eterno

A Team Stop Feeding e mais cinco jogadores de Overwatch foram punidos por elojob no último sábado (23). De acordo a Blizzard, 12 trapaceiros tiveram punições e "tudouxi", suporte da Team Stop Feeding, recebeu banimento definitivo. A pena marcou um momento inédito no competitivo do jogo de tiro: foi a primeira vez que um atleta recebeu um ban permanente de todos os torneios da desenvolvedora. Jogadores das equipes da Alter Ego, Team For Victory e CPUPT também receberam punições.


O anúncio foi feito no Weibo, rede social da China similar ao Facebook, e divulgado pelo Twitter OW Beacon. Como parte da punição, a Team Stop Feeding foi desclassificada da primeira temporada da Contenders China em 2019, após terminar a Trials sem perder nenhum mapa. A Team For Victory, por sua vez, segunda colocada, manterá a vaga apesar do ban de um ano aplicado ao DPS "Qingli".

Em novo capítulo da luta contra jogadores de Overwatch trapaceiros, foi a vez da China enfrentar punições — Foto: Divulgação/Blizzard Entertainment

Já a Alter Ego, que terminou a Trials em terceiro lugar, foi promovida para Contenders, assumindo o lugar da Team Stop Feeding. O time fechou a Trials com retrospecto 4-3, após ter sido rebaixado sem vencer um único jogo na Season 3 da Contenders China. Apesar da mudança, a equipe vai disputar a competição sem alguns de seus jogadores, no que “sago,” “taRocook1e” e “zende henxihuan aqingna” cumprirão punições que os deixarão ausentes durante toda temporada competitiva.
Este é mais um caso de infrações na história recente do competitivo de Overwatch. Em dezembro de 2018, sete jogadores que disputariam a Season 2 da Overwatch League foram pegos em infração de comportamento tóxico e elojob, e receberam suspensões antes mesmo da Season 2 da competição começar.