Xiaomi dá pistas sobre futuros celulares com múltiplas câmeras

Futuros celulares da Xiaomi poderão trazer conjunto fotográfico além da câmera tripla presente no recém-lançado Mi 9. Isso porque a empresa anunciou, nesta terça-feira (26), parceria com a Light, companhia que fornece a tecnologia por trás do sensor de imagem quíntuplo presente no Nokia 9 Pureview. Ao contrário da maioria dos celulares com várias câmeras, que focam na variedade de lentes, a ideia é criar uma única foto rica em detalhes obtida por sensores que trabalham em sincronia.
A expectativa é de que a Xiaomi revele no futuro um smartphone multicâmera com a mesma qualidade de imagens vista em câmeras DSLR. No entanto, no momento não há previsão de quando isso irá ocorrer.

Câmera tripla pode virar coisa do passado em próximos smartphones da Xiaomi — Foto: Divulgação/Xiaomi

O segredo da Light é o software. A empresa criou um algoritmo capaz de definir as tarefas de cada câmera que opera em grupo. O processamento avançado combina imagens com diferentes exposições em apenas uma foto com alto alcance dinâmico.
A empresa de fotografia ficou famosa com o lançamento da Light L16, uma câmera com 16 lentes capaz de unificar 10 fotos em uma só imagem de elevadíssima definição. O aparelho tem alta capacidade de identificação de profundidade de campo, além de zoom equivalente a lentes de 28 mm a 150 mm.
Além da Xiaomi e da HMD Global (dona da marca Nokia), a companhia tem parcerias em andamento com a Sony.