Galaxy S10 5G pega fogo e Samsung diz que culpa não foi do aparelho



Mesmo dois anos após a catástrofe que foi o lançamento do Galaxy Note 7, casos envolvendo fogo e celulares da Samsung continuam chamando atenção. O último deles aconteceu na Coreia do Sul, onde uma pessoa afirmou que seu Galaxy S10 5G teria pegado fogo espontaneamente.
De acordo com o consumidor, o celular estava em cima de uma mesa quando começou a esquentar e a soltar fumaça. Ele publicou fotos do aparelho na internet, afirmando ainda que derrubou o smartphone no chão quando foi tentar pegá-lo, pois o celular estava muito quente.
A Samsung se recusou a reembolsar o consumidor, afirmando que o problema foi causado por um “impacto externo” e não por alguma falha na fabricação do Galaxy S10 5G. Pelo menos até o momento, o histórico está do lado da Samsung, já que não há relatos de casos parecidos acontecendo com outras unidades do aparelho.
Celular
Durante as últimas semanas, o maior problema da Samsung foi mesmo o lançamento do Galaxy Fold. Após apresentar problemas em unidades enviadas para a imprensa, a companhia recolheu os celulares e adiou o lançamento do smartphone dobrável para uma data ainda não definida.