The Technology a empresa (The Technology the company)

Aos que estão querendo montar seu PC ou comprar um Notebook a The Technology está com diversas promoções, tudo com 1 ano de garantia e nota fiscal. Quem quiser mais informações entre em contato com a empresa: Instagram: @the.technology WhatsApp: +5531999858373 To those who are looking to assemble their PC or buy a Notebook, The Technology has several promotions, all with 1 year warranty and invoice. Whoever wants more information contact the company: Instagram: @ the.technology WhatsApp: +5531999858373

SERIAL DE ATIVAÇÃO WINDOWS 10 TODOS (ACTIVATION SERIAL WINDOWS 10 ALL)

Está é a maior lista da internet de Serial, Chave e Key de instalação do Windows 10 (This is the Internet's largest list of Windows 10 Serial, Key and Key installation)

AutoCAD 2017 + Crack Completo em Português-BR

AutoCAD 2017 + Crack, Completo em Português-BR é o software mais utilizado no campo da engenharia, arquitetura e design de produtos, consagra-se como uma das ferramentas de desenho técnico mais completas e profissionais disponíveis no mercado.

SketchUp Pro 2017 + V-Ray + Crack – Português

SketchUp Pro 2017 foi desenvolvido para os estágios conceituais do projeto, com uma estrutura 3D muito fácil de aprender. Numa analogia, SketchUp Pro pode ser considerado “o lápis do desenho digital”.

SSD: conheça mitos e verdades do hardware e tire suas dúvidas

Com aumento na popularidade do SSD, alguns mitos sobre o componente de armazenamento acabaram se espalhando pela Internet, desinformando muitos e afastando possíveis novos usuários.

Como descobrir (hackear) senha de WIFI no Windows em minutos - WPA/WPA2/WPS

Deseja aproveitar a conexão Wi-Fi super rápida do seu vizinho? Se eles são espertos, provavelmente têm uma senha protegida (caso contrário, você não estaria lendo isso, estaria?).

7 produtos de crowdfunding surpreendentes da Xiaomi em 2019

Imagem de: 7 produtos de crowdfunding surpreendentes da Xiaomi em 2019

A Xiaomi lançou dezenas de produtos em crowdfunding em 2019. A empresa chegou a anunciar uma parceria com o Indiegogo, um dos sites pioneiros em financiamento coletivo, para lançar o Youpin, plataforma de crowdfunding própria da marca. De telescópios inteligentes a jaquetas, a Xiaomi conseguiu agregar tecnologia a todos os tipos de produtos.
Confira abaixo a lista feita pelo portal Gizmochina com os produtos de crowdfunding mais loucos lançados pela marca em 2019:

Telescópio inteligente

Fonte: Divulgação/Gizmochina
Você já sonhou em gravar tudo o que vê de um telescópio? A Xiaomi tornou possível. Este telescópio inclui suporte para conexão com um telefone celular, permitindo que os usuários gravem o que veem. O acessório de alta qualidade conta com um tripé de aço inoxidável de dois estágios e usa uma lente dupla de 70 mm com um ótimo desempenho óptico e reprodução de imagem nítida.

Travesseiro com massageador e alto-falantes

Fonte: Divulgação/Gizmochina
O travesseiro inteligente da Xiaomi inclui um massageador, alto-falantes estéreo e conexão Bluetooth. O produto é feito de látex natural 93% puro e possui tamanhos adequados para homens e mulheres. Inclui ainda uma almofada de aquecimento com três emissores de pulsos que aumentam o fluxo sanguíneo e aliviam o estresse. Além disso, ele ainda conta com monitoramento inteligente do sono e é compatível com Android e iOS.

Fogão inteligente

Fonte: Divulgação/Gizmochina
Se cozinhar não é bem o seu forte, você vai amar o Solista Solo Smart Cooker da Xiaomi. Com potência de 1600W e um recipiente de 3,5L com tampa de vidro, o acessório conta com três funções:  panela, fogão a gás e exaustor. Ele vem com um sistema de controle de temperatura de precisão, portanto você não precisa ficar verificando a refeição, já que ele "cozinha sozinho".

Jaqueta inteligente

Fonte: Divulgação/Gizmochina
Sabemos que em alguns momentos o frio pode ser cruel. Uma jaqueta inteligente poderia nos ajudar com isso. Por sorte, a Xiaomi pensou nisso. Mas esta não é uma jaqueta aquecida clássica: pode ser alimentada por um power bank, aqueles que também são usados em smartphones. A jaqueta conta controle inteligente de temperatura de três níveis e tratamento anti-respingo. De acordo com a Xiaomi, um carregador portátil de 10.000 mAh pode fornecer aquecimento contínuo por até 7 horas.

Lixeira inteligente

Fonte: Divulgação/Gizmochina
Graças à Xiaomi, até sua lixeira pode ser inteligente. O Xiaomi Smart Garbage Bin possui um recurso de abertura automática da tampa que funciona através de um sensor infravermelho que abre a tampa toda vez que o usuário pretende jogar algo dentro. Com capacidade de 12L, a lata de lixo é capaz de detectar quando está cheia e lacra automaticamente o saco.

Banheiro inteligente

Fonte: Divulgação/Gizmochina
O banheiro inteligente da Xiaomi é fornecido com um sistema de descarga a quente de vários modos e pode ser conectado ao seu telefone com o aplicativo Mijia. O assento do vaso sanitário suporta ajuste de temperatura em três temperaturas e  conta com sistema de auto-limpeza com spray de água feito de material antibacteriano. O pacote de toaletes inteligentes também inclui um controle remoto sem fio com botão de descarga.

Caneta gravadora

LegendaFonte: Divulgação/Gizmochina
Se você precisa gravar tudo sem que as pessoas percebam, confira a caneta de gravação Xiaomi Ink Case AI. O acessório conta com excelente qualidade de gravação com redução de ruído de alta definição e até armazenamento criptografado. Pode até traduzir inglês e mandarim. A caneta suporta Bluetooth (5.0) e um aplicativo móvel que permite opções de sincronização e personalização de arquivos.

Pixel 4a tem design vazado em vídeo; sem notch, mas com 3,5 mm

Imagem de: Pixel 4a tem design vazado em vídeo; sem notch, mas com 3,5 mm

Um vídeo reconstruindo o suposto visual do novo Pixel 4a da Google apareceu na internet. O aparelho que você vê a seguir deve ser o próximo intermediário da criadora do Android, com um visual bem similar ao dos Pixel 4 e 4 XL. Há, contudo, algumas diferenças bem perceptíveis nesse design revelado pelo 91Mobiles e OnLeaks.
A primeira que você nota vendo o vídeo é o buraco na tela ao estilo Galaxy S10, deixando para trás as bordas espeças dos top de linha da Google apresentados neste ano. Devido a essa característica, podemos inferir que o Pixel 4a não deve contar com o desbloqueio facial 3D dos modelos mais caros, tampouco com a possibilidade de rastrear gestos do usuário sem toque no aparelho.
Na parte de trás temos um leitor de impressões digitais e um módulo de câmera com apenas um sensor fotográfico, supostamente de 12,2 MP. Há também uma conexão USB-C na parte de baixo e um plugue para fones de ouvido na de cima.
Ademais, o design desse aparelho é bastante parecido com o que vemos em outros aparelhos da Google.
Quanto a especificações, não há vazamentos, mas espera-se que o aparelho intermediário tenha uma tela de 5,7 ou 5,8 polegadas, chipset Snapdragon 730 ou 765, além de 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento.
Também não há indicações mais concretas sobre a data de lançamento desse modelo, mas é bem provável que a Google faça o anúncio durante a sua Google I/O 2020, que acontece no primeiro semestre do ano que vem.

Versão premium do Xiaomi Mi Watch tem lançamento adiado

Imagem de: Versão premium do Xiaomi Mi Watch tem lançamento adiado

A Xiaomi apresentou em novembro o Xiaomi Mi Watch, relógio inteligente equipado com WearOS e que possui preço competitivo. Enquanto a edição convencional do smartwatch já está disponível na China, a versão premium do aparelho acabou sendo adiada e só vai dar as caras no mercado no ano que vem.
Em um comunicado, a gigante chinesa informou que a edição premium do relógio não vai chegar às lojas neste ano e começará a ser vendida em fevereiro de 2020. A empresa se desculpou com os clientes e disse que o motivo para a mudança na disponibilidade do produto é garantir mais tempo para organizar a cadeia de distribuição e entregar uma experiência de qualidade aos usuários.
(Fonte: China Gadgets/Reprodução)
"Para alcançarmos uma experiência de uso aprimorada e meios de distribuição mais adequados, o Xiaomi Watch Premium Edition originalmente programado para ser lançado no final de dezembro, será adiado para fevereiro de 2020", explica a companhia. No comunicado, a firma também confirma que o relógio inteligente será vendido primeiramente nas lojas oficiais da empresa no mercado chinês.
(Fonte: The Wearify/Reprodução)
Vale ressaltar que o produto será lançado em fevereiro de 2020 na China e ainda não existe uma previsão de chegada do Mi Watch Premium em outros mercados de maneira oficial. A edição limitada do relógio traz as mesmas especificações do smartwatch tradicional da Xiaomi, mas possui corpo feito em aço inoxidável. O preço também é mais alto: enquanto o Mi Watch padrão pode ser comprado por 1.299 yuan, cerca de R$ 750, a edição especial custa 1.999 yuan, aproximadamente R$ 1155 em conversão direta para a nossa moeda.

Modo escuro do WhatsApp surge — de novo — em versão Beta

Imagem de: Modo escuro do WhatsApp surge — de novo — em versão Beta

O site WABetaInfo, conhecido por realizar análises de versões do aplicativo de comunicação WhatsApp, afirmou que a funcionalidade de tema escuro está pronta para lançamento para smartphones Android e, mais recentemente, sendo testada em aparelhos com iOS. Após encontrar partes do código sinalizando uma possível implementação do modo escuro, o site mostrou formas de testar a nova interface.
Para visualizar uma prévia do modo escuro no Android, é necessário fazer parte do programa de testes da versão beta do app e possuir um smartphone com a versão 10 do sistema operacional. Após ativar o tema escuro nas configurações do sistema, a nova interface será exibida. Versões anteriores possuíam um fundo cinza, que não possui grandes vantagens quanto ao consumo de bateria comparado a outras cores, mas um fundo totalmente preto deve ser adotado pelo app em sua versão final.
No iOS, apenas parte do aplicativo possui a funcionalidade implementada. Para visualizar um exemplo, ative o Modo Escuro nas configurações de Tela e Brilho do aparelho e compartilhe uma foto pelo app.
(Fonte: WABetaInfo/Reprodução)
Ainda não foi divulgada a data de lançamento da funcionalidade em cada plataforma, mas é esperado que a distribuição ocorra no primeiro trimestre de 2020.

Android 10 da Huawei já está em 10 milhões de celulares

Imagem de: Android 10 da Huawei já está em 10 milhões de celulares

Apesar de estar envolvida em polêmicas nos Estados Unidos, a Huawei continua oferecendo suporte para seus aparelhos Android mundialmente. Segundo um comunicado da firma, cerca de 10 milhões de celulares da marca já receberam a EMUI 10, mais recente interface customizada da empresa, que tem como base o Android 10.
O número impressiona pela velocidade na disseminação do update. Há cerca de um mês, a empresa revelou que a interface customizada já tinha chegado para 1 milhão de usuários de smartphones da marca. Ou seja, cerca de 9 milhões de novos dispositivos foram atualizados com a EMUI 10 em aproximadamente quatro semanas.
(Fonte: TechRadar/Reprodução)
A EMUI 10 fez sua grande estreia no mercado junto com o Huawei Mate 30 e Mate 30 Pro, mas já chegou em dispositivos mais antigos da fabricante chinesa e também da submarca Honor. Em agosto, a firma liberou uma lista com os primeiros aparelhos a receberem a nova interface, incluindo o Huawei P30 Pro, Huawei P30, Huawei Mate 20, Huawei Mate 20 Pro, Huawei Mate 20 X, Huawei Mate 20 Porsche Design, Honor View 20 e Honor Magic 2.

Mais 16 modelos recebem update

Nesta semana, mais 16 aparelhos começaram a receber a versão estável da interface baseada no Android 10 na China, com o update chegando a todos os usuários em breve. A lista, que pode ser vista abaixo, inclui aparelhos mais recentes, como o Mate 20 X 5G, até o P20 e P20 Pro, lançados no ano passado.
  • Huawei Mate 20 X 5G
  • Huawei Mate RS Porsche Design
  • Huawei Mate 10 Porsche Design
  • Huawei Mate 10 Pro
  • Huawei Mate 10
  • Huawei P20
  • Huawei P20 Pro
  • Huawei Nova 4e
  • Huawei Enjoy 10 Plus
  • Huawei Enjoy 9S
  • Huawei Maimang 8 (P Smart+ 2019)
  • Huawei Maimang 7 (Mate 20 Lite)
  • Huawei Honor 20i
  • Huawei Honor 10 Lite
Além de liberar a versão estável do sistema, a Huawei também começou a testar a EMUI 10 em mais aparelhos recentemente, incluindo o Huawei Nova 5i e o Honor 20S. Ao todo, segundo calcula o Gizmochina, mais de 30 dispositivos da fabricante devem receber a atualização baseada no Android 10.

Huawei P40 chega em março com 'design nunca antes visto', diz CEO

Imagem de: Huawei P40 chega em março com 'design nunca antes visto', diz CEO

O lançamento da série P40, nova linha de smartphones avançados da Huawei, está marcado para março de 2020, seguindo o tradicional calendário anual de lançamentos da companhia. A revelação foi feita pelo chefe do setor de consumo da marca Richard Yu, em entrevista ao site Frandroid, publicada nesta terça-feira (17).
De acordo com ele, a nova linha da fabricante, composta pelos modelos P40 e P40 Pro, chegará ao mercado com uma série de novidades, incluindo um design nunca antes visto, o que sugere uma completa reformulação no visual dos atuais P30 e P30 Pro, lançados no início deste ano.
Além das mudanças no design, Yu mencionou também que o novo flagship da fabricante chinesa terá câmeras de qualidade ainda melhor que o elogiado conjunto de lentes do modelo mais recente, maior autonomia de bateria e desempenho superior.

A nova linha promete desempenho superior ao P30 Pro. (Fonte: Mashable/Reprodução)
O executivo revelou ainda que caso a briga entre o governo dos Estados Unidos e a Huawei impeça a utilização de apps da Google na linha P40 Series, os novos modelos poderão contar com os serviços móveis da Huawei, garantindo a execução de um número considerável de recursos. Apesar das incertezas, o CEO insistiu que o P40 terá Android 10 com a EMUI 10.

Especificações

Com relação ao hardware, Richard Yu manteve sigilo total. Mas rumores apontam para a utilização do processador Kirin 990 com suporte ao 5G, além de tela de 6,5 polegadas com taxa de atualização de 120 Hz e câmera frontal dupla. Na traseira, especula-se a presença de cinco câmeras, incluindo o novo sensor Sony IMX686 de 64 megapixels.
Outros vazamentos indicam que a linha terá uma bateria de grafeno com 5500 mAh, material que possibilita carregamento mais rápido e apresenta maior resistência, aumentando a vida útil do acessório.

OnePlus anunciará suposto celular conceitual em 2020

Imagem de: OnePlus anunciará suposto celular conceitual em 2020

A OnePlus irá anunciar um suposto celular conceitual em janeiro durante a próxima CES 2020, em Las Vegas, EUA. A fabricante chinesa tem publicado no Twitter alguns teasers misteriosos sobre o aparelho, descrevendo-o como “Concept One”, o que indica a possibilidade de ser um smartphone com design diferente dos demais da marca e com número limitado de unidades para venda. Ainda conforme essas publicações, o lançamento ocorrerá em comemoração ao aniversário de seis anos da companhia, completados na terça-feira (17).

On the 6th anniversary of our founding, our commitment to doing things differently and pushing boundaries is stronger than ever.

Come see an alternate vision for the future of smartphones with the unveiling of the OnePlus Concept One at CES.
109 pessoas estão falando sobre isso

Junto ao slogan “Alternate Design. Alternate Future” — “Design Alternativo. Futuro Alternativo” —, a OnePlus apresenta o celular como “rápido e suave”, provavelmente em referência a um processador mais robusto e tela com taxa de atualização mais alta — talvez 120 Hz. Contudo, isso seria apenas especulação, pois essas qualidades não dizem claramente o que podemos esperar para a exibição do próximo mês.

Pelo visto, a empresa está guardando informações sobre o novo celular a sete chaves, afinal não temos visto vazamentos ou renderizações na web, como aconteceu anteriormente ao Xiaomi Mi Mix Alpha. A OnePlus determinou a data de anúncio para todo o período da CES 2020, ou seja, de 7 a 10 de janeiro. Com base nisso, não podemos afirmar quando de fato o smartphone virá a público oficialmente.

Drone-metralhadora da Turquia consegue atirar sem perder estabilidade

Imagem de: Drone-metralhadora da Turquia consegue atirar sem perder estabilidade

A empresa Asisguard desenvolveu o Songar, o primeiro sistema de drone armado da Turquia. O drone carrega uma metralhadora e consegue se manter focado em um alvo sem que a mira seja prejudicada.
No meio militar, drones são usados comummente para desmontar bombas, filmar áreas estratégicas, transportar pacotes perigosos, ajudar em resgates, etc. Grandes varejistas também os utilizam para transportar mercadorias. O que estava faltando mesmo, era o drone se transformar em uma máquina de guerra, e o Songar acabou por colocar um fim a essa espera.
Veja o vídeo do Songar em ação:
Estabilidade
Você deve estar se perguntando por que outros drones também não podem ter uma metralhadora completamente funcional. Seria fácil acoplar uma arma a um drone, correto?
Não é tão simples assim. Além do peso da própria arma, ainda seria necessário cuidar da estabilidade do drone, para que ele pudesse manter a mira focada no alvo. E é exatamente isso que o Songar faz.
A Asisguard usa vários sensores para manter seu drone completamente estável enquanto dispara rajadas de bala com um metralhadora. Além disso, o equipamento tem um braço robótico que se move para neutralizar o coice da arma. Um drone comum poderia ser derrubado com um único tiro, mas o Songar se mantém estável, atirando sem parar, e sem errar o alvo.
É possível que outros países também dominem a tecnologia, mas, no momento, só a Turquia teve coragem de expô-la.
Se drones como esses começarem a ser utilizados em combates militares, haverá a necessidade de desenvolver uma tecnologia de defesa tão boa quanto esta, que é de ataque.

WhatsApp beta ganha mais emojis e novo menu de configurações

Imagem de: WhatsApp beta ganha mais emojis e novo menu de configurações

WABetaInfo postou sobre a mais nova atualização do WhatsApp beta. Segundo o site, a build 2.19.366 corrige um bug da versão anterior, que fazia o app travar completamente em alguns celulares. Além disso, o menu de configurações foi reorganizado e o mensageiro ganhou novos emojis de acessibilidade.
O update mais recente chega após o app receber uma atualização que melhora o gerenciamento de chamadas. Isso, na versão estável.

Novo menu de configurações

O menu interno do mensageiro foi levemente repaginado. A opção “Wallpaper” saiu da categoria “Chats” e agora faz parte da nova categoria “Display”. A opção de ativar o tema escuro saiu do menu principal para ser incluído na categoria “Chats”.
Fonte: WABetaInfo/Reprodução

Novos emojis

A nova versão beta ainda traz novos emojis para acessibilidade. É incrível que sempre que novos emojis são lançados, a sensação que temos é de que eles já deveriam fazer parte do aplicativo há muito mais tempo.
Fonte: WABetaInfo/Reprodução
Já o tão aguardado tema escuro, ainda não foi liberado para ser testado pelo pessoal que faz parte do Programa Beta, o que deixa a comunidade toda bastante apreensiva. O modo escuro vai permitir o uso mais confortável do app à noite ou em lugares escuros. Os donos de celulares que possuem tela AMOLED ainda vão se beneficiar, pois o recurso ajuda a economizar bateria nesses aparelhos.

Windows 10 recebe atualização equivocada — de novo!

Imagem de: Windows 10 recebe atualização equivocada — de novo!

Nesta terça-feira (10), a Microsoft liberou uma atualização para o recurso Autopilot do Windows 10. O KB4532441 deveria ter sido enviado somente para máquinas que usam versões corporativas do Windows 10. No entanto, o update chegou para vários usuários domésticos, que usam a versão Home do sistema.
Os usuários que haviam atualizado suas máquinas, perceberam que o KB continuava a ser oferecido pelo Windows Update. A companhia foi rápida ao perceber o equívoco e removeu a atualização da fila de updates do Windows 10 para usuários finais.
A Microsoft declarou que a atualização para o Autopilot não impacta as máquinas onde o recurso não é utilizado. Da mesma forma, o KB pode ser desinstalado com total segurança.
Fonte: Pixabay/Reprodução

O erro se repetiu

Poderíamos dizer que esse tipo de equívoco “acontece nas melhores famílias”, mas o fato é que o erro já havia acontecido em outubro, com um update que também foi liberado com melhorias para o Autopilot.
Felizmente, a atualização não “quebra” nenhum outro recurso do sistema e, portanto, acaba não interferindo no dia a dia dos usuários domésticos.
Mesmo assim, depois de um ano repleto de atualizações que prometiam consertar bugs, mas acabavam por gerar novas falhas, fica a impressão de que a Microsoft deixou os updates do Windows 10 um pouco de lado, o que não deveria ocorrer, ainda mais se tratando de um sistema tão caro.

O que o Brasil mais buscou no Google em 2019

Foto do logo do Google na página de buscas

A temporada de retrospectivas de 2019 já começou. Uma das primeiras a aparecer são as buscas mais populares no Google durante o ano – além, é claro, dos vídeos mais populares do YouTube e as músicas mais ouvidas do Spotify.
Os termos que aparecem nessa lista do Google levam em consideração as buscas que tiveram o maior aumento neste ano em comparação com o anterior. Levando isso em conta, o destaque de 2019 foi “Copa América”. O Brasil sediou a 46ª edição do campeonato e se sagrou campeão contra o Peru, por 3 a 1.
O futebol ainda marca presença em outras três das dez buscas do ano, com os termos “Tabela do Brasileirão”, “Flamengo x Vasco da Gama” e “Copa do Mundo de Futebol Feminino”.
A morte do apresentador Gugu Liberato também fez com que muitas pessoas fossem ao Google. Ele aparece na 3ª posição nas “Buscas do ano”, e na 1ª posição na categoria “Mortes”.
Na seção de buscas “Por quê?”, destaque para a tecnologia: “Por que o WhatsApp parou de funcionar hoje?” foi a principal busca. O aplicativo de mensagens teve algumas instabilidades durante o ano, mas foi em julho uma das quedas que afetou mais gente. Na ocasião, Facebook, WhatsApp e Instagram apresentam problemas. Os usuários também pesquisaram “Por que o Instagram vai tirar as curtidas?“, que aparece na 9ª posição.
Deu para perceber que algumas pessoas estão tentando entender o que é sentir tesão, com a busca “O que é libido?”, enquanto outras estão meio carentes se perguntando “Como fazer que as pessoas gostem de mim”.
As pessoas também perguntaram “Como fazer figurinhas do WhatsApp”, “Como fazer meu quiz no Instagram” e “Como fazer geladinho gourmet” (pesquisas provavelmente não relacionadas).
Em tecnologia, o top 5 fica com os termos “iPhone 11”, “Moto G7”, “Amazon Prime”, “FaceApp” e “Dollify”.
Você pode ver a retrospectiva completa do Google neste link e entender mais sobre os interesses dos brasileiros e de outras regiões do mundo. E como já é de costume, a empresa fez um vídeo de retrospectiva de 2019 (com foco no mercado americano, mas com legendas em português).


Microsoft Office no Linux: 1° app já está disponível para baixar

Imagem de: Microsoft Office no Linux: 1° app já está disponível para baixar

A Microsoft lançou hoje (10) um programa histórico. A empresa colocou em prévia pública no Linux o Microsoft Teams, o mensageiro corporativo da companhia. Trata-se do primeiro serviço da história do pacote Office (agora mais chamado de Microsoft 365) a integrar o sistema operacional de código aberto.
O Teams foi disponibilzado em pacotes nativos do Linux nos formatos DEB e RPM. A Microsoft informa ainda que está acompanhando o desempenho do programa e vai ouvir as sugestões e críticas da comunidade.
A interface do software é a mesma de outras plataformas (ele já estava disponível para Windows e macOS, levando em conta apenas desktop) e todas as principais funções estão presentes nessa versão. Isso inclui chat em grupo ou privado, chamadas em áudio ou vídeo, calendário comunitário e colaboração em documentos em tempo real.
teamsTeams pode ser baixado em dois formatos de pacote (fonte: Divulgação/Microsoft)
Esse lançamento não significa apenas uma rara aproximação da Microsoft com a comunidade Linux. Ela é também parte da estratégia da empresa de fortalecer a presença do programa no mercado: atualmente, ele trava uma briga intensa com os concorrentes do setor — o Slack, o Facebook Workplace e o Google Hangouts.
Você pode fazer o download do Microsoft Teams para Linux por aqui.

Samsung Galaxy S11 quase certamente será alimentado por este chip 5G

Snapdragon 865

Todos os sinais apontam para o Samsung Galaxy S11 como um telefone 5G sem exigir que os usuários comprem uma variante 5G separada e mais cara do próximo aparelho.
Agora podemos dizer isso com confiança, porque a Qualcomm anunciou seu chipset Snapdragon 865 em 4 de dezembro no Snapdragon Tech Summit, e será acoplado a um modem 5G. Como o Galaxy S10 usou o Snapdragon 855 , o Galaxy S9 tinha o Snapdragon 845 e assim por diante, o Galaxy S11 quase certamente terá o 865.
5G terá seu momento dominante
Se essa tendência continuar, isso significa duas coisas: primeiro, o Galaxy S11 será o primeiro smartphone 5G para muitas pessoas - o 5G terá seu momento principal. Segundo, as especificações do chip prenunciam fortemente os recursos do próximo grande telefone da Samsung.
Aqui estão as principais coisas que o Snapdragon 865 nos diz sobre o Samsung Galaxy S11.

O Samsung Galaxy S11 será um telefone 5G

O Samsung Galaxy S11 está pronto para corrigir o maior problema que tivemos com quase todos os telefones 5G em 2019: você teve que comprar uma variante cara do telefone convencional. Muitas vezes, as versões do telefone 5G também chegavam mais tarde.
Snapdragon 865
(Crédito da imagem: Futuro)
Isso aconteceu com o Samsung Galaxy S10 5G , o Note 10 Plus 5G e o OnePlus 7T Pro 5G, para citar alguns. Com o Moto Z3 e o Moto Z4 , você teve que comprar um complemento 5G mod. Pedir às pessoas que esperassem e gastassem mais dinheiro com o 5G na infância era uma tarefa difícil.
A Qualcomm deixou claro que o uso do chipset Snapdragon 865 é um pacote: ele vem com um modem Snapdragon X55 5G, mesmo que os dois não estejam fisicamente fundidos em um único chipset. Simplificando, se um telefone possui o 865, ele possui um chip 5G.
Os fabricantes de telefones podem comercializar as velocidades 4G LTE em regiões onde o 5G não é abundante, mas os executivos com quem conversamos na Qualcomm foram rápidos em apontar que nenhum fabricante de telefones com quem eles conversaram manifestou interesse em fazê-lo.
Portanto, o Samsung Galaxy S11 e o Galaxy S11 Plus, e talvez até o Galaxy S11e, se continuar usando um chip de nível principal (como o S10e fez no ano passado), devem obter velocidades de 5G fora da caixa. E isso é uma boa notícia para a adoção do 5G.
A Qualcomm introduziu o Snapdragon 765, de especificação um pouco menor, ao mesmo tempo que o chip 865, mas não há chance de a Samsung manter o primeiro Galaxy S11 com nada além de um chipset principal.

A data de lançamento do S11 está alinhada com a estreia do 865

Há rumores de que o Samsung Galaxy S11 seja lançado no final de fevereiro - tradicionalmente ele sai logo antes ou no MWC. Não suspeitamos que a janela de inicialização seja alterada. De fato, agora há mais evidências de que permanecerá o mesmo.
(Crédito da imagem: Futuro)
Também é quando o Snapdragon 865 está programado para entrar nos smartphones. O comunicado oficial da Qualcomm observa: "Espera-se que os dispositivos baseados no Snapdragon 865 estejam disponíveis comercialmente no primeiro trimestre de 2020".
A Samsung ajudou a Qualcomm a fabricar seus chips nos últimos três anos, então os primeiros ajustes no Snapdragon 865 - e o que pode acabar sendo o primeiro telefone 5G convencional - só fazem sentido no início de 2020. Em outras palavras, consulte-o no MWC 2020 .

A câmera Samsung Galaxy S11 poderia ir 8K

Esse foi um dos maiores destaques do Snapdragon 865, pois o chipset possui um processador de sinal de imagem com capacidade para processar 2 gigapixels por segundo.
Isso significa que o Galaxy S11 pode capturar vídeo de 8K, captura de tela de 64MP de vídeo (eles são 8MP inferiores em muitos dos telefones de hoje) e vídeo em super câmera lenta a 960fps sem limites - não nos 0,8 segundos que estamos acostumados a ver dos poucos telefones atuais que podem até capturar essa taxa de quadros alta.
Snapdragon 865
(Crédito da imagem: Futuro)
O próximo telefone da Samsung também pode dar vida nova às fotos, com mais de um bilhão de tons de cor e imagens enormes de 200MP. Não, você não precisa seriamente de muitos megapixels em uma única foto e provavelmente não terá todos eles. Os rumores do Galaxy S11 apontam para um sensor de 108MP ainda surpreendente .
Mas a Qualcomm fez questão de ressaltar que 200MP faz sentido ao tirar uma foto ampla, digamos em um show (o exemplo dado), e ao querer cortar mais tarde. Você pode entrar em cena sem uma tremenda perda de detalhes. É a mesma razão pela qual, às vezes, gravamos vídeos do TechRadar em 4K, mesmo se vamos fazer upload em 1080p. Obviamente, nas fotos, à medida que os megapixels aumentam, os tamanhos de pixel (mícrons) tendem a ficar menores, portanto, um concerto sombrio pode não ser a melhor escolha.
Há uma ressalva em todas essas informações interessantes da câmera: o uso das especificações do Snapdragon 865 depende da Samsung e de outros fabricantes de telefones individuais. 
Caso em questão, estávamos empolgados com a captura de vídeo 4K HDR quando o Snapdragon 845 estreou há dois anos, apenas para descobrir que o recurso não chegaria ao Galaxy S9 no final (o chipset Exynos da Samsung, que é usado em telefones fora dos EUA. , não tinha o recurso, por isso foi desativado para criar paridade de recurso).

Jogos para dispositivos móveis obtêm uma nova maneira de atualizar

É provável que o Samsung Galaxy S11 continue na tradição dos telefones Galaxy S anteriores, pressionando suas proezas nos jogos móveis. O chipset Snapdragon 865 nos deu uma prévia do que esperar.
Snapdragon 865
(Crédito da imagem: Futuro)
A Qualcomm está reivindicando 'jogos com qualidade de desktop' com novas ferramentas que a Samsung pode usar em conjunto com a GPU Adreno 650. O Desktop Forward Rendering traz iluminação de qualidade de mesa e efeitos de pós-processamento, enquanto o Game Color Plus aprimora de maneira inteligente a saturação e o mapeamento de tons (sem coberturas que saturam tudo, como tons de pele).
O mais impressionante é que o Snapdragon 865 suporta taxas de atualização de tela de 144Hz. Ele está alinhado com vazamentos recentes que apontam para o Galaxy S11 com taxas de atualização de 120Hz . Assim como o suporte de 200 megapixels da câmera, não esperamos que todos os fabricantes de telefones 865 atinjam 144Hz, pelo menos em 2020. Mas provavelmente veremos muito mais telas de 90Hz e 120Hz.
O que estamos ansiosos para ver, mas igualmente céticos, é a capacidade do chip gráfico Adreno 650 de receber drivers atualizados (novamente, como um PC para jogos de mesa) por meio de uma loja de aplicativos. Ele está embutido no sistema operacional Android e no chipset 865, mas ainda depende dos fabricantes de telefones para disponibilizar os drivers, e sabemos que a Samsung demorou a receber atualizações regulares do Android para seus consumidores. 
Snapdragon 865
(Crédito da imagem: Futuro)

Mais notícias do Samsung Galaxy S11

Tudo o que ouvimos sobre o ainda não anunciado Samsung Galaxy S11 está alinhado com os recursos e o prazo de lançamento do chipset Snapdragon 865. Está impulsionando velocidades de 5G, desempenho de câmera carregado com megapixel e recursos de jogos que recebem dicas de desktops e consoles.
Temos mais de dois meses antes do suspeito lançamento do Galaxy S11, então há tempo suficiente para vazamentos e rumores para aprofundar nossa compreensão do novo smartphone da Samsung. No entanto, no momento, o Snapdragon 865 nos fornece alguns dos detalhes mais concretos sobre a localização da Samsung e de outros telefones em 2020.