Alphabet, dona da Google, bate valor de mercado de US$ 1 trilhão

Imagem de: Alphabet, dona da Google, bate valor de mercado de US$ 1 trilhão

A Alphabet, empresa criada para gerenciar a Google e todos os seus projetos e laboratórios paralelos, atingiu o valor de mercado de US$ 1 trilhão nesta quinta-feira (16), pouco antes do fim das movimentações financeiras do dia. A ultrapassagem da marca já era esperada desde o início da semana por analistas.
As ações da companhia foram negociadas a US$ 1.451,70 no momento da conquista. E vale lembrar que essa é uma posição bastante variável: movimentações nas ações podem fazer a empresa despencar em valor total ou permanecer por bastante tempo acima do trilhão. Entretanto, apenas atingir uma vez o número já é o suficiente para escrever o nome da marca na história do mercado financeiro.
No início de fevereiro, a Alphabet deve revelar o relatório financeiro com os ganhos do último trimestre de 2019 — e os números devem ser bastante impressionantes. A companhia agora atravessa um período de troca de comando: Sundar Pichai, ex-CEO da Google, assumiu o cargo de CEO em dezembro do ano passado após a surpreendente saída voluntária dos cofundadores do buscador, Larry Page e Sergey Brin.

Variedade

Os serviços de nuvem da Google, os anúncios e a divisão de hardware chamam a atenção dos investidores, mas a empresa também ganha em avaliação de mercado por investir em projetos ambiciosos — incluindo carros voadores e veículos autônomos, estes desenvolvidos pela subsidiária Waymo.
A primeira companhia norte-americana a atingir esse valor foi a Apple, em 2018, seguida pela Amazon e Microsoft. Companhias de fora dos Estados Unidos, como PetroChina e Saudi Aramco, também já bateram essa meta ao menos uma vez.

0 Comentários:

Postar um comentário